Cientistas conseguem cultivar plantas em solo lunar pela primeira vez

Recentemente, a NASA anunciou que cientistas conseguiram plantar e cultivar sementes em material coletado em solo lunar, conhecido como regolito. Pesquisadores da Universidade da Flórida conseguiram realizar pela primeira vez a germinação e cultivo da Arabidopsis thaliana, planta da família da mostarda, com materiais coletados em três diferentes missões à Lua.

Apesar da incrível realização, os solos lunares são conhecidos por sua pobreza em nutrientes e isso causou estresse no crescimento das plantas. Elas cresceram com algumas raízes e folhas atrofiadas, além de manchas vermelhas — mesmo assim, as plantas conseguiram continuar em crescimento.

Imagem mostra a planta que cresceu em solo lunarFonte:  UF/IFAS/Tyler Jones 

“Esta pesquisa é fundamental para os objetivos de exploração humana de longo prazo da NASA, pois precisaremos usar recursos encontrados na Lua e em Marte para desenvolver fontes de alimentos para futuros astronautas que vivem e operam no espaço profundo”, comentou o administrador da NASA, Bill Nelson.

Alimentos de solo lunar

De acordo com Robert Ferl, um dos autores do estudo, o cultivo de plantas na Lua é muito importante para ajudar nos planos de estabelecer uma base no satélite natural. “Mostrar que as plantas vão crescer no solo lunar é, na verdade, um grande passo nessa direção”, disse Ferl, que também é professor de ciências hortícolas na Universidade da Flórida.

Pesquisadores Anna-Lisa Paul e Robert Ferl analisando amostras do cultivoPesquisadores Anna-Lisa Paul e Robert Ferl analisando amostras do cultivoFonte:  UF/IFAS/Tyler Jones 

O objetivo do estudo é analisar os dados obtidos para entender como os cientistas podem melhorar as condições de estresse das plantas e, assim, criar um ambiente propício para cultivar e colher alimentos saudáveis na Lua.

A pesquisa é extremamente importante para concretizar os objetivos do programa Artemis, que deve realizar a primeira missão espacial tripulada de volta à Lua em muito tempo — a última missão ao satélite natural foi realizada pela última vez em dezembro de 1972, no projeto Apollo. Um dos intuitos do programa é criar uma base permanente na Lua até o fim da década.

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe