China lança segundo módulo de sua estação espacial

O segundo módulo da nova estação espacial chinesa foi lançado ao espaço neste domingo (24). Batizado como Wentian, a estrutura contém laboratórios onde serão realizadas pesquisas científicas.

Após 13 horas de operação, a acoplagem da estrutura foi um sucesso. Em outubro, o país deverá realizar mais um lançamento, com a última peça do seu novo centro de operações espaciais.

Wentian tem 17,9 metros de comprimento no total. Além dos laboratórios, contém alojamentos de curto prazo para astronautas se hospedarem durante a rotação da tripulação, e carrega ainda uma cabine airlock que servirá como ponto de entrada e saída para atividades extra veiculares.

Com 23 toneladas, o módulo foi enviado ao espaço a bordo do foguete Long March 5B — o mais poderoso da frota espacial chinesa. O lançamento foi feito às 14h22, hora local, da ilha de Hainan, no sul do país.

Batizada de “Palácio dos Céus”, a estação espacial Tiangong começou a ser construída em 2021. No total, ela será composta por três módulos. O primeiro, Tianhe, já está em órbita e contém alojamentos para os tripulantes.

Já o último, Mengtian, também terá laboratórios de pesquisa e deve ser lançado ainda neste ano. O país decidiu construir sua própria base após a recusa dos Estados Unidos sobre sua participação nas atividades da Estação Espacial Internacional (ISS).

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe