Chefe da RBR teme comportamento de Verstappen com maus resultados: ‘Uma bomba-relógio’

Atual campeão mundial de Fórmula 1, Max Verstappen não está cumprindo com as expectativas nesta temporada. Em três corridas neste ano, o holandês precisou abandonar duas vezes e venceu outra. Em meio ao mau momento do carro da Red Bull Racing (RBR), o chefe da equipe, Helmut Marko, admitiu que se preocupa com o temperamento do piloto caso os problemas continuem. “Com o desempenho do carro, algumas vezes falta confiança para manter o estilo agressivo dele [Verstappen] de pilotagem. Você pode ver que isso coloca o Checo mais perto dele do que no passado. Se ele não ganhar logo, será uma bomba-relógio”, declarou, em entrevista à emissora austríaca ORF.

O comandante da Red Bull, no entanto, disse que Verstappen está melhorando neste sentindo, afirmando que o holandês era mais explosivo nas temporadas anteriores. “Sabíamos que poderíamos ter esse problema, porque tivemos que lidar com isso na classificação também. Ele é um piloto apaixonado e emocional, que sempre dá opinião. Mas, na minha opinião, ele está muito mais tranquilo do que anteriormente”, comentou Marko. O atual campeão tem 25 pontos até aqui, 46 a menos que Charles Leclerc, que lidera o Mundial de Pilotos. A temporada segue neste final de semana com o GP da Emilia-Romagna, casa da Ferrari, na Itália. A corrida acontece domingo, às 10h.


Fonte: Jovem Pan

Compartilhe