Carro voador está mais próximo da realidade: Testes realizados com sucesso

Um carro que se transforma em aeronave fez testes de voo na Eslováquia, sendo aprovado com êxito. Portanto,  disseram que os desenvolvedores do projeto, batizado como carro voador a “Air Car”, recebeu um certificado de Aeronavegabilidade das autoridades de transportes eslovacas.

Apos ter completado 70 horas de ”testes de voos rigorosos” a empresa Klein Vision  através de um comunicado informou que o nome da empresa  ficará por trás do ”carro voador de modo duplo”. 

Confira: tecnologia 5G chegou oficialmente no Brasil, e Brasília vai recebê-la

Padrões da agência Europeia

Os voos de testes que incluíram mais de 200 decolagens e aterrissagens, foram compatíveis com os padrões da agência Europeia de segurança. Então, a aviação (EASA) e os testes desafiadores de voos incluíram toda a gama de manobras de voos e desempenho que demonstra uma surpreendente estabilidade estática e dinâmica do carro voador.

Contanto, através de um porta-voz a empresa de Klein Vision disse a CNN, que é necessária uma licença de piloto para dirigir o Air Car. E acrescentou que a empresa espera colocar o ”Air Car” a venda dentro de 12 meses.

Protótipo do carro voador

A equipe de especialista passou mais de 100.000 horas transformando conceitos de design, em modelos matemáticos que permitiram a produção do protótipo do Air Car.

Leia também: maior super lua de 2022, confira a data e os detalhes aqui

Esse veiculo tem um motor BMW  de 1,6 litros e ele “funcionará com um simples combustível vendido em qualquer posto de gasolina”, disse Anton Zajac, cofundador da Klein Vision, em comunicado a CNN. 

O carro voador decola pela primeira vez

O carro voado pode voar a uma altitude máxima de 18.000 pés (5,49 km), acrescentou Zajac. Então, em junho deste ano o carro voador completou um voo de teste de 35 minutos, entre os aeroportos de Nitra e a capital Bratislava, na Eslováquia.

“Foi realmente inspirador ver o carro voador decolar pela primeira vez, estamos nessa jornada há quase cinco anos. Mal podemos esperar para que o público se junte a nós”, disse Rani Plaut CEO da startup em comunicado.

Confira: um dos maiores cometas vai passar próxima da Terra, confira os detalhes

Veja a postagem de horigem em: Engenharia Hoje

Compartilhe