Brasil registra primeiros casos de varíola de macacos em crianças

A Prefeitura de São Paulo confirmou, na quinta-feira (28), três casos de varíola dos macacos em crianças. Trata-se dos primeiros diagnósticos da doença, também conhecida como monkeypox, no público infantil no Brasil.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os pacientes são um menino de 4 anos e duas meninas de 6 anos. Os infectados apresentam o sintoma clássico da enfermidade, que são as bolhas na pele, além de febre e dilatação nos gânglios.

O órgão divulgou ainda que uma das meninas provavelmente foi infectada após ter contato com um parente diagnosticado com a doença, enquanto a origem dos outros dois casos segue em investigação. As três crianças estão em casa, sem sinais de agravamento, e sendo monitoradas pela SMS.

A vacina é uma das formas de barrar a transmissão do monkeypox.Fonte:  Shutterstock 

Com os três registros mais recentes, já são 818 casos de varíola dos macacos no estado de São Paulo, que tem a maior quantidade de diagnósticos positivos do Brasil. Em relação ao país, foram registrados 1.066 casos até esta sexta-feira (29), conforme nota do Ministério da Saúde.

A doença causada pelo vírus monkeypox é transmitida por contato com pessoas infectadas ou materiais contaminados. O aumento do número de casos internacionalmente, chegando a 18 mil, levou a Organização Mundial da Saúde a declarar emergência global para a varíola dos macacos.

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe