Bolsonaro é internado em São Paulo em 3 de janeiro de 2022

Como você se sentiu com essa matéria?

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).| Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República

Apuração em andamento

Este conteúdo é sobre um fato que ainda está sendo apurado pela redação. Logo teremos mais informações.

O presidente Jair Bolsonaro foi internado nesta segunda-feira (3) no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, com suspeita de obstrução intestinal. Em férias em Santa Cataria, Bolsonaro se queixou de dores abdominais e foi transferido para a capital paulista. O presidente deixou São Francisco do Sul, no litoral catarinense, e desembarcou por volta das 2 horas desta madrugada em São Paulo.

O médico Antônio Luiz Macedo, que operou Bolsonaro quando ele levou uma facada na campanha eleitoral em 2018, está nas Bahamas e aguarda um voo para retornar ao Brasil e acompanhar o presidente. Desde que sofreu o atentado, Bolsonaro tem complicações recorrentes e já passou por sete cirurgias relacionadas ao ataque.

Relembre o caso

O então candidato a presidente Jair Bolsonaro foi esfaqueado na barriga no dia 6 de setembro de 2018 durante um evento de campanha em Juiz de Fora (MG). Ele foi atacado enquanto era carregado por apoiadores em uma caminhada na região central da cidade. A facada atingiu o fígado de Bolsonaro, que sofreu uma lesão hepática grave, passou por um ultrassom e foi encaminhado para o centro cirúrgico. Na ocasião a polícia prendeu em flagrante Adélio Bispo, autor do ataque.

Histórico de cirurgias

Desde 2018 o presidente Jair Bolsonaro já foi submetido a uma série de cirurgias em razão do atentado. A primeira delas aconteceu logo depois do ataque, ainda no dia 6 de setembro. No dia 12 de setembro de 2018 o presidente passou por um novo procedimento.

Já no dia 28 de janeiro de 2019 ocorreu uma nova intervenção para a reconstrução do trânsito intestinal.

No dia 8 de setembro de 2019, Bolsonaro passou por outra cirurgia de cinco horas para a correção de uma hérnia incisional (saliência de tecido) surgida no local das intervenções anteriores.

No dia 14 de julho de 2021 o presidente passou por uma nova intervenção após a constatação de uma obstrução intestinal.

Fonte: Gazeta do Povo
Podcast O Papo É com Guilherme Fiuza e Rodrigo Constantino – Gazeta do Povo