Asteroide de 1 quilômetro de extensão irá se aproximar da Terra no dia 18 de janeiro, confira detalhes

Um asteroide de 1 quilômetro de extensão deverá se aproximar da Terra no dia 18 de janeiro, passando por nós a uma distância de 1,93 milhão de quilômetros.

A maior aproximação do asteroide deverá acontecer às 18h51, no horário de Brasília, com uma velocidade estimada de 19,56 km/s.

A distância é considerada segura pelos cientistas, uma vez que equivale a aproximadamente 5,15 vezes a distância entre a Terra e a Lua, e o asteroide deve ser estudado novamente pelos pesquisadores.

A passagem do objeto espacial não pode ser visto a olho nu ou com binóculos, sendo necessário ter um telescópio em mãos para o observar se movendo ao longo da noite.

Haverá uma observação do asteroide ao vivo, com o projeto The Virtual Telescope no dia 18, a partir das 17h (horário de Brasília), onde também será possível visualizar sua passagem pela Terra.

Esta passagem será a mais próxima nos próximos 200 anos, segundo a previsão realizada pelos astrônomos.

 

Sobre o asteroide de 1 quilômetro de extensão

 

O asteroide foi descoberto em 1994 pelo astrônomo Robert McNaught, e foi catalogado como “(7482) 1994 PC1”, sendo a sua última “visita” próxima em 1933.

Na época, a distância entre o objeto e a Terra era de 1,1 milhão de quilômetros, também considerada segura, e ele foi considerado um asteroide do tipo S, formado principalmente por silicatos de ferro e magnésio.

O (7482) 1994 PC1 participa do grupo de asteroides Apollo, nome do grupo que é formado por rochas espaciais que ficam próximas da Terra.

Após diversos anos de observações do asteroide, já foi possível estabelecer a sua órbita com precisão, onde foi classificado como “asteroide potencialmente perigoso” devido ao seu tamanho e a distância em suas passagens.

Também houve uma passagem pela Terra em 1997, onde a rocha aparece no meio como um rastro brilhante, devido ao seu rápido movimento.

A foto da ocasião foi tirada pelo Sormano Astronomical Observatory, confira:

Fonte: Canaltech

Imagem em destaque: Foto/Reprodução Pixabay

Veja a postagem de horigem em: Engenharia Hoje