Aprenda a converter de Celsius para Fahrenheit

Dentro dos estudos da Física, existem diversos termos bastante importantes para o nosso uso cotidiano. Embora possa parecer que determinadas questões não estão tão próximas da gente, por exemplo, medir a temperatura de uma determinada região ou corpo, é necessário uma unidade reguladora que consiga nos informar dados com algum parâmetro para ser seguido e analisado.

Nesse sentido, as escalas termométricas foram criadas para que esse trabalho fosse realizado sem qualquer tipo de problema. Todas elas foram desenvolvidas a partir de muitos estudos, que geraram fórmulas específicas para que fossem aplicadas sempre que necessárias. Por meio delas, inclusive, é possível realizar balanceamentos e conversões entre as temperaturas de diferentes unidades.

Descubra mais informações sobre as escalas termométricas. (Shutterstock/Reprodução)Fonte:  Shutterstock 

Algumas das unidades mais comuns são Fahrenheit, Celsius e Kelvin, que são seguidas pela maioria dos países. No Brasil, utilizamos a escala Celsius para informar a quantidade de graus que uma temperatura está gerando, seja em um determinado local, como uma cidade, seja em um corpo. No entanto, alguns países do Hemisfério Norte, como os Estados Unidos, medem suas respectivas temperaturas utilizando a escala Fahrenheit, que apresenta algumas pequenas diferenças em relação às outras.

Abaixo, você poderá entender um pouco mais desse assunto e aprender como converter a escala Celsius para Fahrenheit. Confira!

Desvendando escalas termométricas

De forma ampla, a escala Celsius (°C) tem base na lógica da temperatura da água. Nesse caso, o ponto zero da escala Celsius está localizado no esfriamento e consequentemente congelamento dessa substância, a sua fusão.

Dessa maneira, seu ponto mais alto, no caso 100, é aferido quando a água está fervente, em ebulição. Quem propôs esse pensamento foi o astrônomo sueco Anders Celsius, a partir de uma observação sobre substâncias puras e suas respectivas mudanças de estados físicos.

Para o estudioso, em um trabalho conhecido como Observações sobre dois graus persistentes de um termômetro, essa medição deveria ocorrer em graus centígrados, mostrando, de forma mais simplificada, como essas temperaturas poderiam ser medidas.

Já a escala Fahrenheit (°F) foi desenvolvida por Daniel Gabriel Fahrenheit, um cientista alemão-polonês. Da mesma forma que Celsius, ao analisar uma substância pura, como a água, Fahrenheit instituiu que o ponto de fusão de estado físico da água em menor grau é de 32 °F, sendo seu ponto de ebulição 212 °F.

Convertendo escalas termométricas

Em linhas gerais, tudo é uma questão de fórmulas. Se analisarmos a diferença de uma escala para outra, poderemos notar que há variações de temperatura nos pontos de fusão e ebulição da água. Nesse sentido, uma regrinha de três básica pode nos fornecer algumas informações para cruzar a ideia das duas unidades de medida. Sendo assim:

(Tecmundo/Reprodução)(Tecmundo/Reprodução)Fonte:  Tecmundo 

Que também pode ser simplificado assim:

(Tecmundo/Reprodução)(Tecmundo/Reprodução)Fonte:  Tecmundo 

Vamos aplicar a fórmula com um exemplo prático. Vamos converter 40 °C para Fahrenheit. Dessa maneira, Fahrenheit é igual a 1,8 vez 40 mais 32 (F= 1,8 x 40 + 32):

Embora a aplicação da fórmula seja bastante fácil, existem outros métodos que podem ser mais ágeis para realizar as conversões. Digite no seu buscador preferido Converter Celsius para Fahrenheit que um conversor vai surgir de modo facilitado, no qual você só precisará informar alguns números para que tudo seja convertido da melhor forma possível.

Outro método de conversão que pode ajudar em alguns casos, sem a necessidade de aplicar as fórmulas consiste em uma tabela com as temperaturas já escritas. No entanto, esse caso pode não ser muito prático no cotidiano, caso não exista a necessidade imediata de fazer tantas conversões.

E o Fahrenheit 451?

Em 1953, o escritor norte-americano Ray Bradbury lançou um livro com um título bastante peculiar. Fahrenheit 451, talvez sua obra-prima, abordava em sua trama a saga de uma sociedade distópica, na qual ter livros ou cometer a audácia de ler qualquer um deles poderia ser um crime hediondo. Todos os exemplares encontrados pelo corpo de bombeiros da narrativa eram automaticamente queimados.

Curiosamente, o título traz, na escala Fahrenheit, o ponto em que o papel começaria a se queimar até se transformar em cinza, tendo em vista que esses incêndios eram recorrentes na história. Convertendo 451 °F em Celsius, chegamos a 232,77 °C, pois:

  • C= 451 – 32 / 1,8
  • C= 419 / 1,8
  • C= 232,77 °C

Nesse caso, a fórmula se inverte em todas as suas operações. O que antes era adição se torna subtração e o que era multiplicação se torna divisão. Sempre que você quiser, tire a prova real, convertendo novamente o resultado para a escala original.

Gostou dessas dicas? Então não deixe de aproveitá-las, aplicando sempre que necessário no seu dia a dia. Qualquer dúvida, não hesite em comentar!

Veja a postagem original em: TecMundo