Abusar do álcool na juventude eleva risco de câncer no longo prazo

O abuso de bebidas alcoólicas no início da vida adulta aumenta o risco do surgimento de câncer no longo prazo, segundo um novo estudo feito na Austrália. Os resultados mostram que os efeitos da substância no corpo são mais duradouros do que se pensava.

Jovens que consomem muito álcool têm maiores chances de desenvolver câncer tardiamente (Fonte: Shutterstock)Fonte:  Shutterstock 

Ainda que especialistas já soubessem que a ingestão de álcool é prejudicial à saúde, ninguém tinha certeza de quão duradouro eram os riscos. Foi então que Harindra Jayasekara, professora da Universidade de Melbourne, Austrália, resolveu analisar a questão.

Ela e seu grupo de pesquisa resgataram dados públicos de saúde de 22 mil mulheres e 15 mil homens coletados entre 1990 e 1994. No estudo, o abuso da bebida foi definido como superior a 6 doses por dia.

Diferentes comportamentos frente ao álcool

Os participantes foram agrupados segundo tipos de comportamentos: abstêmios, consumidores crescentes, decrescentes ou regulares (leves ou moderados).

Entre os decrescentes estão os homens que reduziram a ingestão de álcool entre os 20 e 39 (precoces), e aqueles que fizeram uso elevado até os 70 anos (tardios).

Apesar da diferença, ambos tiveram risco alto de desenvolvimento de câncer colorretal ao longo da vida. Isso revela que os danos à saúde são duradouros, mesmo que o consumo seja reduzido ou interrompido.

Jayasekara disse ao site Medscape Medical News que as pessoas não esperam que o abuso das bebidas no início da idade adulta afete o surgimento de tumores muitos anos depois, mas o estudo desperta esse novo alerta.

Os resultados mostraram também que mulheres são três vezes mais abstêmias. Apesar disso, ambos os sexos apresentaram a mesma tendência de aumentar a ingestão de álcool ao longo da vida — no total 7% dos participantes foram consumidores crescentes.

ARTIGO International Journal of Cancer: doi.org/10.1002/ijc.33973 

Veja a postagem original em: TecMundo

Compartilhe