Unidade de saúde encerra vacinação por falta de água em Itabuna

A unidade de Saúde José Maria Magalhães Neto, em Itabuna, no sul da Bahia, precisou suspender a vacinação por causa da falta de água no local, desde segunda-feira (20). Funcionários também questionam outros problemas de infraestrutura, como sujeira e falta de segurança.

Segundo funcionários, o local está sem água porque homens em situação de rua quebraram canos e teriam feito uma ligação clandestina para tomar banho no pátio da unidade. Os próprios funcionários apresentam vídeos onde um homem dá banho em um cavalo no estacionamento do centro de saúde.

Ainda de acordo com os funcionários, o pátio da unidade foi invadido há mais de um ano, depois que parte do muro do local foi derrubado. Homens e mulheres em situação de rua passaram a usar o espaço como abrigo. Além disso, o estacionamento passou ser usado por quem não trabalha no local.

gerente da unidade, Amora Rios, falou sobre os problemas enfrentados. “Já foram feitos vários ofícios sinalizando nossas dificuldades, e requerindo profissionais para solucionar nossos problemas. Até então, a resposta que a gente tem é para aguardar um posicionamento do secretário de saúde”, disse.

Sobre a falta de vacinação, a gerente disse que já comunicou à Embasa. “A Embasa já foi comunicada do conserto do cano para o reabastecimento de água, para que a gente volte a vacinação”, explicou.

Leave a Reply