Temer pede suspensão de inquérito no STF

Em pronunciamento neste sábado (20), o presidente Michel Temer (PMDB) pediu a suspensão do inquérito aberto contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF), com base na informação, divulgada pela Folha de S. Paulo, de que a gravação feita pelo empresário Joesley Batista, da JBS, tem mais de 50 cortes.

“Essa gravação clandestina foi manipulada e adulterada, com objetivos nitidamente subterrâneos. Incluída no inquérito sem a devida averiguação, levou muitas pessoas ao engano induzido e trouxe grave crise ao Brasil. Por isso, estamos entrando com petição no Supremo Tribunal Federal para suspender o inquérito proposto, até que seja verificada em definitivo a autenticidade da gravação clandestina”, declarou o peemedebista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *