SEM CHUVA: Seca deixa 5 milhões em emergência na Bahia

Cristina Pita

Milhões de brasileiros do Nordeste não conseguem se livrar dos problemas causados pela falta de chuva. Em quase metade dos municípios da região a situação é de emergência por causa da seca.

Na Bahia, o estado mais populoso do Nordeste, são mais de 5 milhões de pessoas prejudicadas. Em setembro de 2017 , devido à estiagem, o governo estadual decretou situação de emergência em 224 municípios baianos pelo período de 180 dias, ou seja, de janeiro a novembro de 2018. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado de 14/09/2017.

Confira no link:

http://www.defesacivil.ba.gov.br/wp-content/uploads/2015/11/ESTIAGEM-SECA-DECRETOS-VIGENTES-.pdf

Falta de chuva compromete cidades

Segundo o governo, os baixos índices pluviométricos registrados nos últimos anos, que estão afetando quase a totalidade do estado, foram levados em consideração para a assinatura do decreto, que é fundamentado em uma instrução normativa do Ministério da Integração Nacional.

A escassez das chuvas ainda tem comprometido a regularidade no fornecimento de água potável e provocado graves prejuízos às atividades produtivas, principalmente à agricultura e à pecuária, de acordo com o comunicado.

Conforme o decreto, que passou pela análise da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), por conta do problema, todos os órgãos estaduais devem participar de ações com o objetivo de buscar soluções para restabelecer a normalidade e preservar o bem-estar da população.

De acordo com a lista publicada no site da Sudec, no total, 224 cidades tiveram situação de emergência decretada no estado em 2017, o que atinge 5.045.893 de habitantes.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *