Policial matou o filho, a esposa e se matou, conclui perícia sobre mortes na Pituba

O perito criminal Ríbio Januário, responsável por investigar as mortes de do policial Cláudio Mullet, sua mulher Catarina Texeira e o filho Lucas,  12 anos, concluiu, no final da tarde desta quarta-feira (15), que o episódio foi “um duplo homicídio seguido de suicídio”, por parte do PM.

Segundo Januário, a arma usada no crime foi encontrada em uma das mãos do policial – os corpos dele e do filho estavam no quarto do casal, enquanto o da mulher foi encontrado no quarto da criança. O perito acrescentou que não houve nenhum sinal de arrombamento ou marcas de agressão nos corpos.

A polícia não informou o que motivou o subtenente a matar a família e se suicidar em seguida.

Leave a Reply