DISPENSA DE LICITAÇÃO: Delegado pede abertura de inquérito contra prefeito de cidada baiana 

Em Alagoinhas, na região de Feira de Santana, o delegado da Polícia Civil, Marcel Alves Rocha, pediu ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) a abertura de inquérito policial contra o prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto (DEM), por suposta prática de crimes da Lei de Licitações.

De acordo com a PC, o pedido surgiu após queixa-crime feita pelo vereador de oposição, Luciano Sérgio (PT), que acusou o prefeito de contratar “diversas empresas” com dispensa de licitação. “Dei entrada também em um pedido de investigação no Ministério Público da Bahia por improbidade administrativa. São, ao todo, 47 processos que demonstram que o prefeito contratou empresas na área do Direito, de eventos, de forma direta sem licitação”, afirmou.

Na última segunda-feira (25), a desembargadora do TJ-BA, Inez Maria Miranda, mandou o caso para a Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) para que se manifestasse, antes de decidir sobre a abertura do inquérito.

Leave a Reply