Anatel registra queda de 14% nas reclamações sobre serviços de telecomunicações

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) registrou 276.821 reclamações dos serviços de telecomunicações oferecidos no Brasil, em junho de 2017. No ano passado, haviam sido registradas 322.189 queixas no mesmo período, o que significa que houve uma redução de 14%. Os dados foram divulgados hoje (15).

O único serviço que teve mais reclamações quando comparado o mesmo mês de junho de 2016 e 2017 foi o de TV por assinatura, que passou de 40.468 para 41.237, um acréscimo de 1,9%. No caso da telefonia móvel, a queda foi de 15,6% (156.041 para 131.638).

Uma redução ainda maior foi registrada na telefonia fixa, de 21,9% (76.821 para 60.033). Na banda larga, os consumidores fizeram 46.866 reclamações em junho de 2016 e 41.997 no mesmo mês em 2017, uma queda percentual de 10,4%.

Segundo a Anatel, as principais reclamações em junho de 2017 foram relacionadas à cobrança nos serviços de telefonia móvel pós-paga (51,93%), TV por assinatura (49,37%) e telefonia fixa (37,29%). Na banda larga fixa, a qualidade dos serviços (46,60%) liderou esse ranking. Já na telefonia móvel pré-paga as queixas foram principalmente a créditos (49,57%).

Nos seis primeiros meses de 2017, foram registradas, ao todo, 1,770 milhão de reclamações. Os dados mostram que a redução é uma tendência, pois o balanço do número total de reclamações de janeiro a junho deste ano mostra redução em relação aos mesmos meses no ano passado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *