Prefeito de Cachoeira terá que reativar convênio com a Santa Casa de Misericórdia

Por conta do cancelamento do convênio entre a Santa Casa da Misericórdia e a Prefeitura de Cachoeira, o Tribunal de Constas dos Municípios (TCM) avaliou que o prefeito Tato Pereira (PSDB) cometeu um grave erro. O caso, que rendeu a CPI da saúde no município, foi parar na mesa do conselheiro José Alfredo por meio de denúncia dos vereadores protocolado em nome do edil Fábio Coqueiros dos Santos. O processo que caiu na mão do relator no último dia 24/5 já obteve despacho e pedido de reiteração do convênio entre a prefeitura e a Santa Casa. *A Tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *