‘Bolsonaro nunca esteve tão próximo da vitória’; leia

*Por Irlando Oliveira

Uma campanha toda calcada na determinação do sucesso, como foi e está sendo a do nosso Capitão Bolsonaro, jamais poderá ser arrefecida ante à ação criminosa de um “esquerdopata” que intentou contra a vida do nosso candidato, do nosso representante. É certo que aquele “esquerdopata insano” — desculpem a nossa redundância —, em razão da barbaridade para com um homem que nunca fez mal a ninguém, já deveria receber o tratamento de criminoso ali mesmo no local onde cometeu a ação ignóbil, típica dos covardes ante à certeza da derrota.

A partir de agora não mais aceitaremos quaisquer intransigências por parte dessa esquerda medíocre que vem destruindo a nossa nação brasileira! Nas carreatas ou atos pró-Bolsonaro deveremos atuar tal qual o combatente que nunca desiste ou teme o bom combate, usando aqui um jargão militar. Não poderemos temer as ações covardes e de desespero dessa raça desprezível da esquerda que vem, por mais de uma década, saqueando os cofres públicos — grande parte composta dos nossos esforços pessoais, através dos impostos escorchantes a que somos submetidos, sem direito a absolutamente nada —, para benefício próprio, bem como para se perpetuar no poder, com seus planos diabólicos. Agora é pra valer! Ou vai, ou racha! O nosso foco é a vitória, a qual já está pré-anunciada diante das pesquisas que temos acompanhado, livre da influência dessa mídia comprada e tosca que sempre buscou influenciar os incautos, representados, na sua grande maioria, pela massa não esclarecida.

Essa esquerda que aí está teme a perda do poder porque sabe que, perdendo essas eleições presidenciais, principalmente, jamais voltarão ao proscênio político brasileiro. Precisamos nos unir e nos fortalecer, de modo a fazer esses comunistas miseráveis entenderem que a nossa bandeira é verde-amarela, e jamais será vermelha! Entender que primamos pelos valores que cultuamos desde há muito e que sempre serviram de base para a construção da sociedade brasileira.

Em nenhum momento nós — os eleitores de Bolsonaro — agimos contra os bons princípios, costumes e regras que devem nortear um pleito eleitoral democrático! Não será essa esquerda radical que vai nos freiar; que vai impedir o nosso caminhar rumo à vitória que já se anuncia! Continuaremos firmes e fortes, resolutos no nosso ideal: extirpar essa esquerda comunista do Brasil! Não nos esqueçamos do tema da campanha do nosso Capitão Bolsonaro: Brasil acima de tudo; Deus acima de todos!

*Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *