Atentado à dignidade do Brasil!

*Por Irlando Oliveira

O brasileiro ficou estarrecido ante à tentativa de morte do candidato à Presidência da República, líder absoluto de todas as pesquisas: Jair Bolsonaro. Estando e atuando livremente na campanha política em Minas Gerais, ovacionado, como sempre, foi covardemente atacado por um “esquerdopata” que, como tantos outros que defendem essa “ideologia” insana e ofensiva à dignidade do Brasil, intentou obstar o caminho da “ordem e do progresso” — dístico da nossa flâmula verde-amarela —, tão ultrajada nesses últimos anos.

Só que o “tiro saiu pela culatra”, pois tal atentado há, indubitavelmente, de fortalecer a campanha do nosso estimado Capitão, conduzindo-o ao Planalto, a fim de mudar a cara deste país. A comoção popular certamente auxiliará no pronto restabelecimento do futuro Presidente do Brasil, o qual reinará, absoluto, imprimindo o seu personalismo na presidência, de forma inusitada, como nunca se teve registro, concorrendo para as condições propiciatórias ao inevitável avanço do país, anseio de todos nós brasileiros.

O ato de covardia perpetrado por esse “esquerdopata” — e comemorado por muitos iguais a ele —, reafirma o discurso firme e sempre contundente do nosso candidato, de que algo precisa ser feito, urgentemente, principalmente no campo da segurança pública, tão descuidada e abandonada nesses últimos anos!

Avante, nobre Capitão Bolsonaro! Força para vencer mais esta batalha, pois o Brasil precisa de homem de pulso como você, para, na condição de timoneiro tão esperado, conduzir esta nação tão depreciada e desvalorizada por aqueles que sempre estiveram na presidência para dela apenas se locupletar

* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta.

Leave a Reply