DRFRV prende quadrilha que fornecia carros roubados com blindagem para roubos a banco

Os cinco criminosos, capturados na madrugada deste sábado (15/9), também clonavam os automóveis e faziam trocas por entorpecentes.

A Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) prendeu uma quadrilha que fornecia carros roubados com blindagem para roubos a banco. Os cinco criminosos, capturados, na madrugada deste sábado (15), também clonavam os automóveis e faziam trocas por entorpecentes.

A investigação contra o bando foi iniciada, no dia 5 de setembro deste ano, após o roubo de um carro modelo Focus, em Salvador. Com ações de inteligência os policiais civis descobriram que a organização criminosa atuava em Salvador, Feira de Santana, Camaçari e Lauro de Freitas.

A quadrilha clonava os veículos e oferecia em redes sociais (grupos de WhatsApp) por valores abaixo do preço de mercado ou por drogas. Em um dos casos eles anunciaram um carro com vidros blindados e exaltavam a utilidade para roubos a bancos.

Em um sítio, na localidade de Jauá, município de Camaçari, usado para adulterar automóveis, os investigadores encontraram três veículos modelos Triton (blindado), Palio e Onix, além de chaves e placas automotivas. Em cômodos da casa foram achados ainda 123 pinos de cocaína, quatro sacos com o mesmo tipo de droga, 16 pacotes com maconha, três pedras grandes de crack, aparelhos eletrônicos e uma balança.

Na ação foram presos em flagrante, no sítio, Rafael Barbosa dos Santos, 35 anos, Anderson dos Santos Caldas, 25, Nilda Fidelix dos Santos, 39, Luziane Jesus dos Santos, 28, e Caíque Nei Rosário dos Santos Costa, 27. O quinteto foi autuado, na DRFRV por roubo de veículos, adulteração, associação criminosa e tráfico de drogas.

“Importante a população entender que comprar qualquer produto, sem nota fiscal, pode se configurar como crime de receptação. Temos roubo de carro, pois existem pessoas que compram esses veículos irregulares”, enfatizou o titular da DRFRV, delegado Nélis Araújo. Fotos SSP

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *