Moradores acusam prefeito de Cachoeira de abandonar saúde e limpeza pública

Moradores de Cachoeira (a 110 km de Salvador), no Recôncavo Baiano, denunciaram o prefeito, Tato Pereira (PSDB), de abandonar a saúde pública e a limpeza do município. Uma moradora do distrito do Tabuleiro da Vitória (Guaiba), segundo divulgou o Recôncavo Online, contou que foi ao CAPS em busca de medicamento, mas sem sucesso. “Eu tenho o cartão do CAPS com a receita e tudo que é necessário, mas infelizmente não tem o remédio na unidade. Tive que comprar numa farmácia”, reclamou Iracema.

Os moradores do bairro do Cucuí, reclamaram que a prefeitura não realiza a limpeza da localidade. Além disso, relataram que a lagoa, que é um símbolo natural do local, encontra-se abandonada. A população reclama ainda da falta de ações do prefeito com a limpeza, conservação e preservação do Rio Paraguaçu, que separa a cidade das vizinhas São Félix e Muritiba.

9

O abandono dessa área, segundo os moradores, está contribuindo para a formação de ilhas de material orgânico e lixo no leito do rio, bem na orla da cidade próximo ao porto de Cachoeira.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *