Ação social: Canil da 33ª CIPM trata 40 crianças com cinoterapia em Valença

O labrador Halley vem auxiliando os policiais da unidade, na realização de atividades para a comunidade da Associação de Pais e Amigos Autistas (AMA).

O canil da 33ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Valença) desenvolveu, na manhã desta terça-feira (5/6), nas dependências da Associação de Pais e Amigos Autistas (AMA), mais uma atividade do ‘Projeto Cinoterapia’, oferecendo oficinas que estimulam o desenvolvimento psicomotor, além da socialização com cães para 40 crianças com necessidades especiais.

“Esta foi nossa segunda intervenção. É sempre uma experiência incrível tanto para os pequenos, quanto para nós, policiais, que estamos acompanhando tudo de perto”, declarou o comandante da 33ª CIPM, major PM Alexandre Costa.

Ele ainda revelou a criação, pela equipe multidisciplinar da AMA, de um painel de rotina do aluno, que funciona como um memorial para crianças com autismo. “Antes que chegássemos, foram expostas fotografias do nosso último encontro, para que elas relacionassem com a visita de hoje”, explicou.

Segundo Lilian Noronha, professora da AMA, esse processo de associação da imagem com a atividade a ser realizada desenvolve uma rotina mental, que auxilia na melhoria cognitiva. “Apesar do tempo chuvoso e do frio, Halley distribuiu calor nas relações de alegria da criançada assistida pela associação”, ressaltou.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *