A secretária de Promoção Social, Margarete Portugal Moura, destacou a importância dos novos contratados para o funcionamento dos equipamentos. “Recebemos os aprovados para esclarecer o que é a Secretaria de Promoção Social, sobre os nossos serviços e dar as boas-vindas. Fizemos uma explanação de como funciona a secretaria e toda logística. Depois da reunião, recebemos alguns técnicos, psicólogos e assistentes sociais para que eles fossem entrevistados, analisasse o perfil de cada um, observando assim para qual equipamento iremos direcioná-los’, explicou.

A secretária ressaltou que, apesar do contingente mínimo de funcionários, os equipamentos permaneceram atendendo a comunidade. “Lembrando que a partir de agora começa o processo de distribuição deles por equipamento”, salientou.

O professor Bonfim, diretor de Assistência Social do município, informou que os equipamentos em 2018 terão uma tranquilidade no que tange o funcionamento pois, com a chegada dos selecionados do processo seletivo se iniciará as ações. “Todo o nosso trabalho já está pronto para 2018. Para a parte operacional, estávamos aguardando a convocação do REDA. A partir desta quinta-feira (1/3), a maioria dos nossos equipamentos já estará com as pessoas direcionadas e nós, como Assistência Social, temos uma obrigação, enquanto poder público, de dar resposta a todas as demandas relacionadas a assistência social no nosso município, formando equipes de trabalho e chegando junto das necessidades”, destacou.

Participaram do acolhimento aos novos contratados do REDA, além da secretária de Promoção Social, Margarete Moura, e o diretor de Assistência Social, professor Bonfim; a coordenadora do CREAS, Enilda Ferreira; a coordenadora do CRAM, Luciane Silva, entre outros colaboradores da Assistência.

Ficou ainda definido que novas convocações acontecerão para que seja suprida toda necessidade de pessoal para os equipamentos. Continuando a prestar um serviço de atendimento com eficiência e responsabilidade aos munícipes.

Fotos Divulgação/Ademilton Ferreira