Por ciúmes, homem mata mulher e se suicida na frente do filho em Valença

Edson de Jesus, de 40 anos, que assassinou a própria esposa e, em seguida se suicidou no município de Valença, (a 270 km de Salvador), cometeu o crime por ciúmes.  Segundo o delegado titular de Valença, Bruno Pereira, Edson, conhecido na cidade por Budy, desceu do carro e seguiu a ex-mulher, que andava com o filho de 12 anos pela rua.

Cecília Crispim correu e tentou se proteger dentro de uma lanchonete, onde foi atingida pelas costas por cinco tiros. Depois disso, Budy atirou na própria cabeça. Os dois morreram na hora.

O filho do casal só sobreviveu graças a pessoas que estavam na lanchonete e o esconderam.  O crime foi na manhã desta quinta-feira  (21/12), dentro de uma lanchonete localizada na Rua Quintino Bocaiúva.

De acordo com a advogada Márcia Bity,  o crime se configura como feminicídio. “Um crime passional cometido por aquele que não aceita ser trocado. Ele levou cinco tiros pelas costas, sinal de que ele teve a intenção de matar”, expicou.  A advogada orientou sobre pessoas que se relacionam e devem prestar atenção às atitudes dos companheiros. “É preciso ter cuidado com quem se coloca do lado e ficar atento aos sinais, como ameaças e agressões”, explicou.

Cecília Crispim era professora no município de Cairu. Há cerca de um ano se separou do marido. Segundo amigos da professora, ela se queixava das agressões e ciúmes do ex-marido. Além disso,  ele estaria passando por problemas financeiros e não aceitava a separação.

A professora era evangélica e membro da Segunda Igreja Batista de Valença,  onde o corpo será velado a partir das 29h desta quinta. A família ainda não divulgou o horário do sepultamento, que ocorrerá amanhã,  sexta (22/12).

 

 

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *