Aos 35 anos, Kaká se aposenta do futebol

Kaká divulgou comunicado, em entrevista ao apresentador Galvão Bueno, exibida no Esporte Espetacular da Rede Globo do domingo (17/12) que para de jogar. No entanto, após declarar que não iria renovar com o Orlando City, time que defendeu nos Estados Unidos nos últimos anos, Kaká deixou em aberto seu futuro no esporte.

“[Foi uma decisão] Muito consciente, cheguei à conclusão de que é o momento de encerrar a carreira”, declarou o jogador. “A minha palavra final é que o ciclo da minha carreira como jogador profissional se encerra para mim”, completou.

Com três Copas do Mundo no currículo e um prêmio de melhor jogador do mundo em 2007, Kaká não pretende deixar completamente os gramados. Ele afirmou que vislumbra trabalhar nos bastidores do futebol, mas não revelou qualquer plano mais específico ou projeto em sua meta de atuar como gestor ou manager.

“Eu fui para a Europa para ver alguns jogos, sentir a emoção do jogo ali, onde o futebol realmente tem seu ponto máximo. E muito consciente eu cheguei à conclusão que é o momento de encerrar a minha carreira como jogador profissional”, disse o agora ex-atleta, que também foi campeão mundial com a seleção canarinho em 2002.

Na entrevista, Kaká ainda falou sobre uma possível carreira como dirigente de futebol. Ele afirmou que recebeu proposta do Milan para o cargo.

“Chega a nova etapa da preparação. Agora vou me preparar para continuar no futebol e ter uma outra função, mas não vai ser mais como um jogador profissional, atleta. Eu gostaria de participar do clube de uma forma mais… um manager, um diretor esportivo, alguém que fica entre o campo e o clube. Eu me preparei muito para ser jogador profissional e quero me preparar para essa nova função, quero ver e enxergar um pouco de fora”, afirmou.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *