Juri absolve Kátia Vargas

Quatro anos depois da morte trágica dos irmãos Emanuel e Emanuelle, no bairro de Ondina, em Salvador, em outubro de 2013, a médica Kátia Vargas foi inocentada pelo júri nesta quarta-feira (6/12). O júri popular realizado desde a última terça (5/12), no Salão do Júri do Fórum Ruy Barbosa, em Salvador.

Kátia Vargas

O júri popular foi formado por sete pessoas, sendo cinco mulheres e dois homens. Na plateia foram disponibilizados 432 lugares, dentre os quais 9 foram destinados para os parentes da médica e 9 para os das vítimas. Além disso, 54 lugares foram disponibilizados para convidados da defesa e da acusação (27 para cada lado).

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *