Eleições 2018: Siglas de esquerda ensaiam acordo para o 2º turno

Os presidentes do PT, PDT, PSB e PCdoB se reuniram na semana passada em Brasília para negociar uma “agenda mínima” com o objetivo de reconstruir o campo político de esquerda. Na próxima terça-feira (28), eles voltam a se encontrar, desta vez com a presença de dirigentes do PSOL. A informação é do jornal “O Estado de São Paulo”.

Contudo, não existe, ao menos por enquanto, nenhuma pretensão de lançamento de uma chapa única ao Palácio do Planalto para a eleição de 2018. Mesmo porque PT, PDT e PCdoB já apresentaram seus pré-candidatos: a saber, Lula, Ciro Gomes e Manuela D’Ávila.

Os dirigentes admitem, porém, que o realinhamento pode levar a um entendimento no segundo turno. Além de encontrar pontos de convergência programática, o objetivo da reaproximação é articular alianças nos Estados.

Na reunião da próxima terça, organizada pelas fundações dos quatro partidos, serão discutidas bases para um programa “para o País” que poderá ser usado por qualquer candidato. “Este primeiro seminário vai discutir as bases mínimas para a construção de um programa comum para o País”, afirmou o presidente da Fundação Perseu Abramo (PT), Marcio Pochmann.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *