PCdoB pode lançar Manuela D’Ávila candidata a presidente, diz coluna

O PCdoB estuda agora um nome para disputar o Palácio do Planalto no próximo ano. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o nome da ex-deputada federal gaúcha Manuela D’Ávila tem ganhado força entre os comunistas. Segundo a publicação, não agrada muito os planos B e C do PT, caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não possa ser candidato. Os petistas cogitam lançar o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, ou o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, se Lula for impedido pela Justiça.

Manuela Pinto Vieira d’Ávila uma jornalista, filiada ao Partido Comunista do Brasil. Foi deputada federal pelo Rio Grande do Sul entre 2007 a 2015 e líder de seu partido na Câmara dos Deputados, em 2013.

Seu primeiro cargo público veio em 2004, quando Manuela, aos 23 anos, se elegeu como vereadora mais jovem de Porto Alegre, conquistando 9.498 votos. As pautas defendidas por ela na Câmara Municipal estavam relacionadas prioritariamente à educação.
 
Dois anos depois, Manuela candidatou-se à Câmara dos Deputados e, com 271.939 votos, tornou-se a deputada mais votada de seu Estado. Em sua primeira eleição majoritária, nas eleições municipais de 2008, recebeu cerca de 15% dos votos, e acabou em terceiro lugar.
Candidata à reeleição em 2010, foi uma das mais bem votadas do País. No Congresso, foi relatora da Lei dos Estágios, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias e vice-presidente da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público. Faz parte também da Frente Parlamentar do Esporte, da Frente Parlamentar em Defesa da Liberdade na Internet e da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT. Em 2012, volta a disputar a Prefeitura de Porto Alegre, tendo como vice-candidato Nelcir Tessaro, do PSD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *