Durante passagem pela Colômbia, Papa Francisco é ferido no rosto

Durante sua passagem pela cidade de Cartagena, na Colômbia, o papa Francisco foi ferido levemente no rosto. Ao passar pelo bairro de San Francisco, onde abençoou a construção de moradias populares, o Pontífice levou a mão ao rosto em um momento. Ao parar o “papamóvel”, um segurança lhe deu um lenço para se limpar e foi possível ver marcas de sangue no pano e na roupa branca. No rosto, é visível um corte acima do olho e um inchaço em parte da bochecha.

No entanto, Francisco continuou seu caminho pelo bairro como se nada tivesse ocorrido e continuou saudando as milhares de pessoas que estavam no local. Não se sabe até o momento o que causou a lesão – se foi algum fiel ou se ele se machucou sozinho. O incidente ocorreu após Jorge Mario Bergoglio abençoar a pedra fundamental de um conjunto residencial para pessoas sem tento na cidade colombiana.

“Bendito seja, Senhor, Deus de Misericórdia, que em seu Filho nos deu um admirável exemplo de caridade e por ele nos recomendou a viver o mandato de amor, digne-se a dar suas benção a esses servidores seus, que se dedicam na ajudam aos outros”, disse durante a benção.

Violência

Independentemente do incidente, que tem causa ainda desconhecida, o governo colombiano informou, neste domingo (10), que a visita do papa Francisco derrubou em 60% o número de homicídios diários. Conforme o vice-presidente do país, Oscar Naranjo, cerca de cinco milhões de colombianos seguiram Jorge Mario Bergoglio até o momento pelas cidades de Bogotá, Villavicencio e Medellín nos quatro primeiros dias da visita.

“Quero, por parte do governo, felicitar os colombianos. Seu comportamento foi exemplar, cerca de cinco milhões de pessoas saíram para ter contato com a eucaristia, nos passeios, nos percursos com o ‘papamóvel’ e esse comportamento mostra ao mundo que somos um país civilizado, respeitoso, feliz e alegre, mas ao mesmo tempo, muito organizado”, disse Naranjo.

Por sua vez, a chanceler María Angela Holguín disse que a visita que será concluída hoje, com uma etapa de Cartagena, “foi de grande utilidade”.

“Para a fé e para a esperança que necessita esse país, essa visita foi de grande utilidade e espero que os corações se abram para que possamos construir todos juntos esse país”, acrescentou. Jorge Mario Bergoglio já chegou a Cartagena, onde fará uma benção à pedra fundamental de um conjunto de casas populares, rezará o Angelus e fará uma missa.

*noticiasaominuto
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *