Apadrinhado de Geddel, chefe da Codesal é preso pela PF

O diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Gustavo Ferraz, foi um dos alvos da operação da Polícia Federal, que prendeu, na manhã desta sexta-feira (8) o ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), segundo a jornalista Camila Bonfim, da TV Globo.

De acordo a repórter, assim como ocorreu com Geddel, PF achou digitais de Gustavo Ferraz, ligado ao ex-mintro, no bunker onde foram encontrados 51 milhões

Ferraz é advogado e assumiu o cargo em janeiro deste ano.Antes ocupava a função de diretor de Habitação da antiga Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil, agora chamada de Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas.

É a quarta fase da Operação Cui Bono, que investiga desvios da Caixa Econômica Federal.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *