Suspeito de pendurar fuzil em estátua de Michael Jackson no Rio de Janeiro é preso

O homem apontado como um dos integrantes do grupo responsável por pendurar um fuzil na estátua de Michael Jackson no Morro Santa Marta, no bairro do Botafogo, no Rio de Janeiro, foi preso na tarde deste domingo (20). O suspeito, identificado como Mateuszinho, foi detido por policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), que o reconheceram durante patrulhamento na área.

Contra Mateuszinho há um mandado de prisão por tentativa de homicídio contra um policial da UPP,  baleado em 26 de dezembro do ano passado. A ocorrência foi registrada na 10ª DP (Botafogo). Segundo a polícia, as buscas pelos outros integrantes do grupo continuam.

Entenda o caso

A estátua de Michael Jackson foi criada pelo artista plástico Ique e virou ponto turístico da comunidade, atraindo pessoas do mundo inteiro. Em 2015, ela chegou a ser alvo de vândalos e os óculos foram arrancados, mas repostos pouco depois. A comunidade Santa Marta foi a primeira a receber uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), em 2008. De acordo com a polícia pacificadora, a foto possivelmente foi tirada no início da manhã, período onde há maior movimento nas vielas e momento em que os traficantes se aproveitam para circular sem risco de confrontos com policiais da UPP.

Foto Reprodução

*O Dia

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *