Sousa foi preso pela PF no vestiário, antes de jogo pelo Brasiliense, por crime tributário

O jogador Souza, ex-São Paulo e Paris Saint-Germain (França), foi preso pela Polícia Federal em Brasília na tarde desta quinta-feira (2). O atleta, que atua pelo Brasiliense, foi levado para a superintendência da PF por crime tributário, após despacho da Justiça de São Paulo.

De acordo com o advogado do jogador, João Henrique Chiminazzo, a prisão preventiva está relacionada a um processo de 2015. O nome de Souza estaria ligado a um suposto crime contra a ordem tributária, envolvendo contratos de direito de imagem com clubes nacionais, como São Paulo, Fluminense e Grêmio.(Foto Brasiliense FC)

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *