Liminar do STF autoriza a liberdade do goleiro Bruno

Uma liminar do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, concedeu liberdade ao ex-goleiro Bruno Fernandes. O ex-jogador do Flamengo cumpria pena na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), em Minas Gerais, pelo assassinato de Eliza Samudio, em 2010. O alvará de soltura foi emitido na noite de ontem, quinta-feira (23).

Bruno Fernandes, hoje com 32 anos, foi condenado pela Justiça de Minas Gerais a 22 anos e três meses de cadeia pela morte e ocultação do cadáver da ex-amante, cujo corpo até hoje não foi encontrado. Ele pagava ainda pelo sequestro do filho da jovem, durante a trama que resultou na condenação de outras cinco pessoas — entre elas, o amigo Luiz Henrique Romão, o Macarrão. (Fotos Divulgação/Youtube)

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *